Bom Dia, Sr. Mandela

Gênero: Biografia, Literatura Estrangeira, Política,

A principal assessora de Nelson Mandela conta sua trajetória como o braço direito de um dos homens mais importantes e admirados de todos os tempos. Zelda expõe sua transição de menina branca de família racista, que temia e odiava negros, à fiel escudeira do maior ícone na luta contra o Apartheid. Diferente de outras biografias, livro revela fatos e traços da personalidade de Mandela sob a ótica de uma das pessoas mais próximas dele."Em 'Bom dia, Sr. Mandela', a autora reconta sua vida notável como braço direito do homem que, como eu, ela conhecia e amava. Trata-se de uma homenagem a ambos: à sensibilidade de Madiba para identificar talentos e confiar neles; e à coragem de Zelda para enfrentar os grandes desafios e se desenvolver. Este livro comprova a importância de trazer os relacionamentos pessoais para a política, e é um lembrete significativo sobre as lições que Madiba nos ensinou." - Bill Clinton, ex-presidente dos Estados Unidos.Se eu conseguir modificar uma vida ao tocar outra com a minha história, terei cumprido minha obrigação. Zelda la Grange cresceu na África do Sul em meio à população branca que apoiava o sistema de segregação racial. Poucos anos após o fim do apartheid, ela viria a se tornar uma assistente de confiança de Nelson Mandela, aprendendo a respeitar e a honrar o homem que sempre lhe disseram ser um inimigo.

  • R$ 49,90

ou em até 12x no cartão de crédito c/ juros

  • Descrição do Livro
  • Sobre o Autor

Autor: Zelda La Grange

Capa comum: 432 páginas

Editora: Novo Conceito; Edição: 1 (11 de maio de 2015)

Idioma: Português

ISBN-10: 9788581636184

ISBN-13: 978-8581636184

ASIN: 8581636187

Dimensões do produto: 22,8 x 15,6 x 2,2 cm

Peso de envio: 600 g

Zelda la Grange

Zelda la Grange nasceu em 1970 e cresceu em pleno apartheid sul-africano. Começou a trabalhar para o governo em 1992, como datilógrafa do Departamento de Orçamento do Estado. No ano seguinte, foi transferida para o setor de Recursos Humanos e, em 1994, foi admitida no escritório do primeiro presidente da África do Sul eleito democraticamente. O cargo agora era de datilógrafa ministerial sênior. Zelda foi promovida para ser uma das três secretárias particulares do Presidente em 1997, e, após a aposentadoria de Mandela, permaneceu a seu lado. Em 2002 Zelda deixou o emprego no governo e passou a se dedicar integralmente à Fundação Nelson Mandela. Ela foi o braço direito do grande líder por mais de 19 anos, e atuava como sua assessora particular quando ele faleceu, em novembro de 2013. A dedicação e a lealdade de Zelda la Grange foram reconhecidas por diversas instituições ao longo dos anos, incluindo a FIFA, pelo apoio durante a Copa do Mundo de 2010, sediada na África do Sul. Ela coordena todos os anos o Bikers for Mandela Day, que celebra o Dia Internacional de Nelson Mandela. É a patronesse da Women Insurance Trust, uma instituição que oferece crédito e seguros para mulheres, e em 2014 foi nomeada embaixadora do Beeld Children's Fund, que atende crianças carentes, portadoras de necessidades especiais e vítimas de abuso. Zelda é solteira e vive em Pretória com dois cães da raça boston terrier, Winston e Indira.